Elsa,  Gastos

Como gastar menos com alimentação

person carrying basket of vegetables
Foto por rawpixel.com em Pexels.com

Gasto com alimentação é o típico gasto que parece pequeno, mas quando junta tudo no final do mês, faz uma bela diferença!

Um jeito bom de ver como um gasto com alimentação faz muita diferença é pensar quanto você precisaria ter investido para bancar uma refeição de R$30 todos os dias. Isso dá um gasto mensal de R$900, ou R$10.800,00 por ano (quase o gasto de uma bela viagem para Europa). Para poder se aposentar mantendo esse gasto, seriam precisos R$270 mil reais investidos (quase um pequeno apartamento!).

Vamos às dicas para gastar menos com alimentação:

1/ Coma mais em casa

Essa é a primeira e mais importante dica. Comer fora é muito mais caro do que fazer uma refeição em casa. Por exemplo, eu amo macarrão a Carbonara, e é fácil fazer um delicioso Carbonara para duas pessoas por 30 reais, enquanto já vi restaurante cobrando 80 reais o prato individual!

Conheço algumas pessoas que tem resistência a cozinhar, mas hoje é muito fácil aprender com vídeos que mostram o passo a passo no YouTube.

Eu venci esse receio há alguns anos e hoje sou apaixonada pela cozinha!

Eu e meu marido adoramos sair do trabalho na sexta-feira, ir até um supermercado, escolher os ingredientes para um jantar perfeito, e ficar conversando e tomando um vinho enquanto cozinhamos. É uma experiência muito mais agradável do que simplesmente ir a um restaurante.

2/ Leve comida para o trabalho

A hora do almoço costuma ser um bom momento para confraternização com os colegas de trabalho, mas não é necessário fazer isso os 5 dias da semana. Escolha pelo menos alguns dias para almoçar com os colegas e leve o almoço de casa nos demais dias.

Ah, e leve para o trabalho seus lanches da manhã e da tarde. Economizar na compra de um pão de queijo por dia, pode virar uma mini fortuna com o passar dos anos.

3/ Se você recebe vale refeição, nunca gaste acima do ticket diário com o almoço do trabalho

A empresa que eu trabalho me paga ao redor de R$30 por dia de vale refeição, mas tem diversos restaurantes bem mais gostosos que custam ao redor de R$50 a refeição. Se eu decido gastar tudo isso num almoço em um dia, compenso fazendo uma refeição abaixo do R$30 nos próximos dias ou levo comida de casa até voltar a média de R$30 por dia.

Lembre-se sempre: escolhas fáceis, vida difícil. Escolhas difíceis, vida fácil!

4/ Marque encontro com os amigos em casa

Nos adoramos receber nossos amigos em casa, e normalmente combinamos que a comida é por nossa conta e os convidados se revezam trazendo bebida ou sobremesa. Sai muito mais barato do que ir num restaurante. Fora que não tem a pressão para ir embora, podemos escolher a trilha sonora, e gargalhar alto sem perturbar ninguém (algo importante no meu grupo de amigos!)

Outra opção é fazer um pic-nic no parque. O cenário fica por conta da natureza e a experiência de comer ao ar livre é deliciosa!

5/ Faça compra em supermercados atacadistas

Comer em casa nem sempre é sinônimo de economia se você frequenta apenas aquele hortifruti super charmoso que cobra R$20 reais por um saco de alface higienizada. É preciso bom senso na escolha do mercado também. Dê preferência para supermercados atacadistas. Sei que a experiência nem sempre é tão agradável, e que um atacadista não parece “lugar de gente feliz”. Mas mais uma vez lembre-se: escolhas fáceis, vida difícil.

Por fim, vale lembrar da importância de ter um orçamento. Tudo bem querer jantar fora de vez em quando, mas separe uma parte do dinheiro do mês para isso e respeite seu orçamento. Se atingiu sua cota de refeições fora no mês, como mais em casa até o final do mês!

Elsa

4 Comentários

  • Luciana, do Sou Poupador

    Olá Sempre Sábado! Muito bom esse assunto. É uma questão simples, porém de suma importância para a saúde e para o bolso. Muito bom colocar os dotes culinários para fora e fazer da cozinha de casa um lugar para várias experiências gastronômicas. Fazendo um cardápio semanal, comprando em atacadões, frutas da estação, fica bem mais em conta e bem saboroso também. Nada melhor que uma comida caseira e que sabemos como foi preparada. Abraços!

  • Camis

    Esse negócio de atacado é um estigma na população….todos acham estranho e me condenam de comprar lá…muito engraçado, respondo que Omo é Omo em qualquer lugar, vc pode pagar 9 ou 5 reais, escolha! Ir uma vez a cada 40 dias economiza muuuuito, a diferença é bem grande….

    • sempresabado

      Hahaha verdade!
      O Pão de Açúcar criou essa coisa na cabeça de que lá é lugar de gente feliz!
      Mas gente feliz é quem não tem preocupação financeira rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.