Elsa,  Gastos,  Reflexões

Não dê presentes no Natal, dê seu tempo!

christmas tree with baubles
Foto por freestocks.org em Pexels.com

Em 2016 eu fiquei noiva e comecei a pesquisar sobre como seria a festa de casamento ideal para mim, que não envolvesse gastar uma fortuna. E foi aí que eu achei um texto muito inspirador na internet. Esse texto dizia que o presente ideal para os noivos seria os convidados escreverem cartas relatando suas experiências com casamento e dicas sobre o que faz um casamento feliz. O texto ainda lacrava ao dizer que o que os convidados dariam de presente era algo muito valioso: o tempo deles. Para escrever essa carta, os convidados teriam que gastar um tempo pensando sobre o casal e em como aconselha-los. Infelizmente não salvei a fonte do texto e não consigo compartilhar com vocês.

Mas essa ideia de que o melhor presente que podemos dar aos outros é o nosso tempo ficou gravado em mim. Todos já vimos vários vídeos de campanha sobre como as crianças valorizam os tempos que os pais dedicam a elas. Mas isso não é exclusividade dos mais novos! Todos nós gostamos de ser lembrados por alguém, convidado para tomar um café para matar saudades ou receber uma mensagem carinhosa de alguém que gostamos. Então porque gastamos energia e dinheiro comprando presentes caros?

No Natal de 2016 eu tomei uma decisão: eu não compraria presentes para ninguém naquele Natal. A partir daquele momento, eu estava abrindo mão de receber presentes, tanto de Natal e quanto de aniversário, e também não compraria presentes para mais ninguém. Mandei uma mensagem para meus familiares e amigos mais próximos comunicando a minha decisão, e disse que se quisessem me presentear nesse Natal então poderiam me escrever uma carta, me convidar para um café ou simplesmente me ligar para bater um papo. E reforcei que o melhor presente que podemos dar para uma pessoa é o nosso tempo!

Todos receberam bem minha decisão! Foi surpreendente e contagiante. Nós temos primos pequenos e minha irmã sempre comprava um brinquedo para eles no Natal. Nesse Natal, inspirada pela minha mensagem, minha irmã deu um “vale um dia no cinema”. E ela levou meus priminhos ao cinema nas férias e comeram um lanche no McDonalds! Depois de um mês, meus priminhos realizaram uma atividade na escola em que eles precisavam descrever um dia especial, e adivinha sobre qual dia eles escreveram? Sobre o dia que minha irmã levou eles ao cinema! Essa história ficou tão marcada na minha família que no último Natal repetimos “vale encontros” entre nós, principalmente com as nossas crianças. E tem sido muito especial!

O Natal costuma a ser uma época estressante justamente porque nos impomos essa agenda maluca de compras de presentes. Sei que a decisão de chegar de “mãos vazias” no Natal parece um tanto quanto constrangedora. Mas que tal questionar a sua família sobre essa necessidade? Que tal ligar para os amigos mais próximos e marcar um encontro para dividir o que foi especial esse ano, sem a necessidade de fazer um amigo secreto para dar presentes? Eu amo o Natal e a data passou a ser muito mais especial agora que eu não preciso mais comprar presentes! Aproveito essa época do ano para me encontrar com as pessoas que amo e dar à elas algo muito valioso: o meu tempo com elas!

Topa fazer o mesmo?

Elsa

8 Comentários

    • sempresabado

      Que alegria saber que meu texto te fez refletir sobre esse assunto! Obrigada pelo comentário!
      Acho que vale o exercício pro próximo ano, vc vai gostar da experiência!

  • ABM

    Como eu vivo longe da minha familia há muitos anos, priorizar a viagem e o tempo para estar com eles se tornou naturalmente o melhor presente que eu poderia dar. Nunca levo presentes ou lembrancinhas. A unica exceção com os presentes de final de ano é que gosto de agradecer a funcionarios do condomínio, professoras da escola da minha filha. Acho que vale a pena una gentileza com essas pessoas que tanto contribuem para nossa vida.

    • sempresabado

      Que legal ABM que você já pratica isso com a sua família!
      Eu concordo com algumas gentilezas, principalmente quando a gente faz porque é uma forma de agradecer pelo ano.
      Só era engraçado porque a minha família já tinha uma expectativa muito grande com os presentes de Natal, todo mundo gastava muito e ninguém ganhava o que realmente queria! Rs acho q estão todos mais aliviados agora…

  • Gari Advogado

    Se pensarmos bem esta dica é muito importante. O tempo é o bem mais valioso que temos. Ele não tem preço. Pena que isso tenha sido algo que falte em grande parte do mundo. Abraço

    • sempresabado

      Fico feliz que vc gostou!
      Acho que os bens materiais são mais fáceis também né? Hoje basta ir ao shopping e comprar uma lembrancinha! Mas causar um impacto positivo na vida de alguém, requer trabalho!
      Boa semana para você também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.